III Festival de Criatividade da FAAP anuncia os seus vencedores

Integrar a edição 2014 do Festival de Cannes é o estímulo para os participantes do III Festival de Criatividade Leões da FAAP. O objetivo é estimular a criatividade dos estudantes da instituição, colocando em prática todo o conhecimento adquirido nos cursos de Propaganda e Marketing, Cinema, RTV e Relações Públicas, da FACOM. Como nos anos anteriores, os alunos receberam um briefing de cunho social, para desenvolverem a melhor solução criativa para dar continuidade à campanha “Deficiência é não fazer nada” idealizada pela IK Ideas e criada pela The Heart Corporation para Avape (Associação para Valorização de Pessoas com Deficiência). O desafio foi criar uma ação para divulgar o MAPA, Movimento AVAPE pela Ação, e os benefícios da plataforma (veja mais detalhes abaixo).

Leia também: Polvo cria campanha de Dia dos Namorados da Prata Fina

O Grand Prix foi para os alunos Alex Rutman, Lucas Succi e Lucas Saicali, que apresentaram a campanha ‘Esqueleto Inquieto’. Como prêmio eles receberão a inscrição para participar do Festival de Cannes deste ano, que acontecerá na semana de 15 a 21 de junho.

Quatorze trabalhos foram avaliados por uma comissão de julgadores formados por profissionais e docentes do mercado. Entre eles Carlos Ferrari, presidente da AVAPE, Adriana Cury, CCO da AIDIA Branding Business Design, Bel Pocai, diretora de comunicação da Giusti Comunicação, Fabio Pinheiro, creative partner da Hungry Man, Marcelo Camargo, diretor de arte da Dentsu, Marta Matui, diretora de criação da Borghi/Lowe, Ia Murad, criativo W/McCann, João Paulo Testa, criativo da F/Nazca, Elenice Rampazzo,

da coordenadora do curso de Publicidade e Propaganda, e Irene Knoth, sócia fundadora da IK Ideas e professora do curso de Publicidade e Propaganda no período noturno da FAAP.

O Festival de Criatividade Leões da FAAP, que tem patrocínio do SBT, foi criado pela Irene Knoth, sócia fundadora da IK Ideas, com apoio do diretor da FACOM, Rubens Fernandes Junior e da coordenadora do curso de Publicidade e Propaganda, Elenice Rampazzo, além da assistente da coordenação, Maria Del Mar.

Histórico do Projeto

Em 2012, concomitante ao aniversário de 30 anos da Avape, foi necessário organizar uma campanha de comunicação e marketing para a divulgação da Rede Avape em todo o Brasil, por conta de uma exigência para o encerramento do projeto com o BID.

Na ocasião, apesar de ter realizado importantes trabalhos para a sociedade, a marca Avape ainda não era tão conhecida, o que dificultava a expansão da sua metodologia e o reforço do trabalho da Rede de Licenciadas. Assim, para dar maior visibilidade à marca e atender a demanda do BID, decidiu-se fazer um esforço de comunicação. A IK Ideas venceu a concorrência para o conceito de comunicação, baseada numa informação importante e alarmante: existem hoje no Brasil mais de 46 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência, segundo dados do IBGE. Mas não sabemos quem são, onde moram, nem qual o tipo de deficiência elas têm.

A ideia foi criar uma plataforma digital, colaborativa e aberta, com um sistema de geolocalização para que estas pessoas pudessem se identificar, dizer onde moram e definir qual a deficiência elas têm. Assim surgiu o MAPA, Movimento AVAPE pela Ação. Com ele, não só a AVAPE, mas todas as ONGs do país poderiam ajudar pessoas que, por algum motivo, ainda não tiveram contato com os programas oferecidos pela Rede. Ao mesmo tempo, as Licenciadas poderiam reabilitar e capacitar mais pessoas com deficiência para o mercado de trabalho e as empresas saberiam onde encontrar estes profissionais para responder à Lei de Cotas. O MAPA pode ser acessado em www.avape.org.br/mapa.

Além disso, as próprias pessoas poderiam se organizar e formar grupos de apoio em lugares onde não existe qualquer organização desenvolvida com esta finalidade. Mas como muitas destas pessoas com deficiência não têm acesso aos meios digitais, a comunicação precisava envolver os outros 154 milhões de brasileiros neste esforço de localizar estas pessoas. Daí, o conceito de comunicação: DEFICIÊNCIA É NÃO FAZER NADA.

botao-share-280